SOS Beleza

Muitas vezes, por mais que tenhamos uma rotina de beleza, aparecem pequenos problemas para serem resolvidos e que deixam algumas pessoas inseguras, existem soluções práticas para esses dramas que aparecem de vez em quando.

Cabelos

Raízes oleosas e pontas secas:

Quem tem cabelo oleoso, principalmente, pode passar por esse problema que não se resolve com os cuidados normais. Mas é simples, basta tratar cada problema da forma que melhor lhe compete: para as pontas hidratação, e para a raiz, tratamento contra a oleosidade. Intercalar os procedimentos de cuidados ajuda a manter os dois em equilíbrio. Uma dica: para cuidar da raiz utilize máscara de abacate, que ajuda a controlar a oleosidade, para as pontas secas adicione óleo de argan à mistura.

cabelos

Pontas Duplas:

para tratar pontas duplas a melhor coisa é evita-las, já que depois de aparecerem muitas vezes o corte é a única solução. Se você usa muitos procedimentos térmicos no cabelo sempre aplique protetor térmico antes da utilização, para proteger os fios, pois esses procedimentos estão entre o que mais causam o problema.

Excesso de Volume e Frizz:

Quem tem cabelos secos é quem mais sofre com esses problemas, assim como quem tem os fios cacheados ou crespos, pois a forma dos fios impedem a água de chegar da mesma forma em todos eles, facilitando o volume e o frizz. Conservar os cabelos bem hidratados é a chave para resolver os dois problemas, a hidratação deve ser feita pelo menos uma vez por semana. Além disso, para manter o controle diário sobre os fios, os finalizadores são uma ótima opção.

Cabelos Finos, Fracos e Sem Volume:

o problema oposto de quem sofre para controlar o volume. Quando o cabelo tem essa aparência pode significar que faltam nutrientes no organismo, você pode utilizar cremes reconstrutores para ajudar a melhorar a aparência, mas uma solução verdadeira só se dá com uma avaliação e mudança da alimentação, se necessário, pois a construção e nutrição dos fios acontecem de dentro pra fora.

Pele

Lábios Ressecados:

A pele dos lábios é delicada e sofre com todo o tipo de ação do clima, além da piscina, do mar, entre outros. Para manter a pele da boca bonita mantenha-a sempre hidrata, utilizando produtos a base de manteigas, de cacau ou karité são as mais comuns, e que possuam proteção solar – os balms são a melhor opção para hidratação e cor. Se mesmo com os cuidados não adiantar, é bom procurar um médico, algum problema com a saliva pode refletir em lábios ressecados.

Excesso de Oleosidade na Pele:

a pele oleosa em geral não tem apenas excesso de oleosidade, mas também costuma ter poros mais abertos e apresentar mais cravos do que uma pele normal. A grande inimiga de quem possui esse problema é a água quente, por isso ela aumentam no inverno. A água quente inicialmente retira oleosidade da pele, deixando-a seca, isso estimula as glândulas sebáceas a produzem mais óleo, piorando a condição em longo prazo. Além da água quente evite a aplicação de produtos com esponjas e as consistências em creme, com exceção daqueles que sejam oil-free.

Acne:

cuidados com a pele

apesar de ser um problema comum na adolescência, depois que os hormônios se ajustam, ainda pode aparecer alguma espinha ou cravo incômodo pontualmente. Um dos principais motivos do seu surgimento na fase adulta, para ambos os sexos, é o estresse, mas as mulheres também tem uma propensão maior a isso durante a TPM. Para evitar o aparecimento desses incômodos, utilize sabonetes com ácido salicílico, acrescente aos cuidados diários um tônico e nunca se esqueça de tirar a maquiagem antes de dormir.

Pele com Rosácea:

A vermelhidão na pele está, em geral, relacionada a alergias, exposição ao sol ou mudanças bruscas de temperatura. Para amenizar o aspecto avermelhado utilize pó compacto ou corretivo num tom que corrija a vermelhidão, o corretivo colorido verde é uma boa solução quando o problema é mais localizado. Evite produtos com ácidos e esfoliantes, que pioram o problema. Procure um dermatologista.

Pele Áspera:

A pele áspera quase sempre tem a ver com o ressecamento, a hidratação é o melhor caminho para diminuir o problema, hidrate diariamente e verá que até mesmo os joelhos e cotovelos melhoraram de aspecto. Evite banhos quentes e troque sabonetes glicerinados por fórmulas a base de hidratante.

Manchas:

Para resolver manchas na pele, os tratamentos físico-químicos indicados por dermatologistas ainda são as melhores soluções. Muitos produtos conseguem clarear suavemente manchas de sol ou de acne, mas somente um médico consegue determinar qual é o melhor tratamento para um caso mais grave – podem ser utilizados laisers ou esfoliantes químicos no tratamento.

Outros Problemas de Beleza

Depilação:

depilação na perna

Fazer depilação com lâmina é uma  saída para muitas pessoas que não gostam de recorrer a cera e outros métodos. Para deixar a pele lisa por mais tempo, use um truque: aplique condicionador de cabelo na área a ser depilada e faça a depilação sempre no sentido do pelo, essa combinação mantém a pele lisa por mais tempo. Nunca utilize o mesmo aparelho de barbear por mais de duas vezes, essa repetição pode causar irritação.

Unhas Fracas:

Assim como a fraqueza dos cabelos tem a ver com a alimentação, o problema nas unhas pode ter a mesma origem. Além de rever sua alimentação e inserir alimentos que fazem bem para as unhas, como cenoura e soja, você pode auxiliar com bases e esmaltes próprios para o fortalecimento das unhas, evitar tirar a cutícula – que retém água, e evitar produtos a base de tóxicos como o formaldeído e o tolueno.

unhas esmaltadas

Flacidez:

Nem sempre ligada ao sobrepeso, a flacidez pode aparecer até mesmo nas pessoas com corpo e peso de top model. A solução imediata para o problema é se exercitar devidamente, pois a flacidez se origina da falta de trabalho muscular. Ingerir muitos líquidos também ajuda no processo, pois o organismo elimina mais toxinas,  que atrapalham o enrijecimento da pele.  Quando o problema é mais grave, drenagens linfáticas podem ajudar no processo.

Inspirações de Cortes de Cabelo

Quando resolvemos escolher um corte de cabelo muitas variáveis passam por nossas cabeças, uma delas é escolher um corte que combine com a gente ou um corte que esteja na moda. É sempre possível conseguir chegar aos dois, mudar o corte de cabelo é uma das coisas mais universais na moda, pois todos podem chegar a um resultado que se encaixe com a sua personalidade, seus traços e que esteja em alta.

Arranjar inspirações é o primeiro processo para conseguir um corte legal, pois assim você pode ver cortes que combinam melhor com seu estilo, com sua rotina e com os traços do seu rosto. Antigamente, todo salão de beleza tinha pilhas de revistas com inspirações para cortes de cabelo, hoje a internet é uma grande “revista” de inspiração, desde o Google que é a forma mais simples de encontra-las até as organizadas boards do Pinterest.

Franja

Uma opção para quem não quer atacar o cabelo diretamente no comprimento, mas quer mudar o visual é a franja. O visual ligado a aparência mais juvenil, marcado por personagens de filmes e personalidades, rejuvenesce a aparência e moderniza o estilo, conferindo um ar mais despojado a quem escolhe esse corte.

Franja

São muitas as versões de franja que podem ser escolhidas, o modelo “do momento” é mais anos 60, com as laterais mais longas e bem retas no centro, cobrindo um pouco das sobrancelhas. Lembra o visual da Jane Birkin quando jovem.

A franja longa também é uma aposta, menos radical e juvenil, dá um ar de modernidade e segurança, mas o corte deve ser perfeito, menos repicado do que o utilizado há alguns anos atrás. Cai bem com fios retos e médios no restante do comprimento.

Cabelos Curtos

Os fios mais curtos são sempre úteis no verão, além disso, há meses que muitas celebridades nacionais e internacionais estão adotando um visual cada vez mais radical no comprimento, tornando os curtinhos a bola da vez. Os rostos finos são os mais favorecidos pelo corte, mas sempre há versões que combinam com outros contornos e até ajudam a favorecê-los ou suaviza-los.

O corte “pixie” imortalizado por divas como Mia Farrow vêm sendo comentado há mais de um ano, com muitas adeptas. O corte sempre se moderniza, aparecendo de um jeito clássico, como o corte da atriz Lupita Nyong’o que mostra como quem tem fios crespos também pode adotar o visual, ou de um jeito moderno e despojado, que permite várias mudanças, como o cabelo de Jennifer Lawrence.

cabelo curto

O liso repicado fica lindo para quem tem uma aparência mais despojada e gosta de usar os fios bagunçadinhos, quem tem o cabelo ondulado também pode se beneficiar desse corte, dispensando a escova e a chapinha.

Para quem não pretende ser tão radical no corte, um curto pouco acima do comprimento médio pode ser ideal, acompanhado de uma franja longa é um corte que pode ser tanto arrumadinho, com a ajuda da escova e de um bom modelador, quanto bagunçado e despojado. O comprimento permite uma grande variação de penteados, perfeito para quem gosta de mudar sempre o estilo ou frequenta muitas festas ou eventos sociais e não quer parecer “sempre igual”.

Cortes Ideiais para Cada Formato de Rosto

Cortar o cabelo é algo que, dizem, faz bem até à alma. Mudar o visual ajuda a se livrar do que é antigo e a abrir as portas para o novo, a renovar a autoestima. No entanto, as vezes o resultado pode não agradar tanto quanto esperado.

Nem sempre a culpa por um corte de cabelo não ficar ideal é do cabeleireiro, às vezes pode ser um erro de escolha. Para isso não acontecer, é preciso conhecer os seus traços, assim você tem mais chances de escolher um corte de cabelo que combine com o seu rosto.

Rosto Oval

Os cortes ideais para quem rosto oval é aqueles que suavizam os contornos, contudo, quem tem esse tipo de rosto sai na frente dos outros, porque o rosto oval fica harmonioso com quase todos os cortes, já que os contornos são suaves e as medidas são equilibradas.

Os cortes que ficam ideais, entretanto, são principalmente os repicados. Para quem tem cabelos longos, um desfiado em camadas com franja longa emoldura o rosto, o evidencia. Para fios crespos, um comprimento médio acompanhado de laterais repicadas e base reta caem bem. Apesar de ser o rosto ideal para ser mais ousada e dispensar a franja, se desejar mantê-la ainda assim, opte por um comprimento curto e desfiado, mas use de lado para disfarçar o formato alongado do rosto.

Rosto Redondo

O ideal para um rosto redondo é movimento, para amenizar o formato do rosto o melhor é usar uma franja mais longa, franjas curtas em comprimentos médios e longos podem destacar demais.

O que difere um rosto oval e um rosto redondo é principalmente o queixo, alongado no primeiro e retraído no segundo, por isso as vezes os cortes são parecidos, mudando principalmente a franja, os totalmente repicados caem muito bem para esse tipo de rosto.

Os curtos não são os comprimentos ideais, mas podem ficar bons dependendo do estilo. O corte Chanel clássico com franja é uma exceção e cai muito bem para rostos redondos. Há casos particulares, por exemplo, a cantora Miley Cyrus que ficou bem com um cabelo pixie, em geral não recomendado para rostos redondos.

Rosto Quadrado

A atriz Cameron Diaz é um caso típico de rosto quadrado. Nesse caso, uma franja diagonal e média também é aliado para suavizar o contorno do rosto. Quem tem esse formato tem os ângulos muito aparentes, um cabelo reto evidenciaria isso. Portanto, cabelos longos e retos estão fora da lista, o ideal é escolher um corte levemente repicado na base e colocar a franja diagonal na jogada.

Se você não gosta dos ângulos do rosto, pode fazer um corte desfiado e repicado em camadas, que permite cobrir os ângulos com as pontas do cabelo. Use uma franja na altura dos olhos para terminar.

Rosto Triangular ou Coração

O formato é o mais delicado por ajustar os cantos mais arredondados com um queixo pronunciado, é o formato de rosto da atriz Emma Watson. Para amenizar o formato triangular do rosto é interessante optar por mais volume no topo da cabeça, o que cai bem principalmente para os fios crespos.

Para esse formato os fios irregulares são ideais, ou, para equilibrar o queixo mais fino, cortes que proponham pontas viradas para fora. Os cortes com menos volume e mais contidos ficam melhores quando o comprimento é médio.